quinta-feira, março 17, 2005

Holandês voador

Tu pouco sabes, desconheces João e Maria
Essa tua boca vazia, sem beijo é banguela
Mãos que nada agarram, pincel nem aquarela
Desta vida nem viu a solidão dos Buendía

Se tuas pernas não correm, como voas para mim?
Simples culpa sequer há para teus atos pueris
Apenas ensaias sorrisos menos que infantis
Aos tropeços te enroscas no calor tupiniquim

Quando chamo, tua resposta é de quem ouve
Bem sei, descobri, minha fala não te diz nada
A menos que nela reconheças a voz da amada
No versículo, teu rosto: Lucas quatro, dez, doze

Com teu corpo enrugado, por favor, venha aqui
De longe, guardo comigo todos os odores
Distante ensaio meus gestos, prevejo tuas cores
É hora, meu amor, de trocar a fralda de pipi

8 comentários:

Ermanchusca disse...

Oi ermanchusca!!!
Teria mesmo eu que ser a primeira a postar um coment na poesia que foi escrita para o meu filho !! Que fofo !!
Só espero que ele possa crescer entendendo bem o portugues para que possa le-la um dia...Porque traduzir para o ingles , ou pior, para o Holandes, vai perder a graça, a cadencia...
Um beijo,
Tot Morgen !!

A metanóica disse...

"Tot Morgen" é alguma coisa de comer ou de passar no cabelo?

deianowhy disse...

q coisa mais fofa!!
não vejo a hora de apertar meu sobrinho postiço! hehehehe

O Micróbio disse...

Ainda estou a digerir estas tuas palavras...

lefou disse...

solo queria dejar un saludo, y decir que hay mensaje para voce.. beijos

O Micróbio disse...

Entretanto tenho a ousadia de deixar esta mensagem: Os Micróbios tb se abatem... pela idade!

A metanóica disse...

deianowhy:
O moleque é muito fofo, né? Cheio de tia babona em volta...
Beijos!

O micróbio:
Digeriu as minhas palavras, mas agora eu preciso digerir as suas. Depois conto o resultado.
Abraços

lefou:
Como te dije, no he podido bajar el video.
Un gran beso

Å®t_Øf_£övë disse...

Desejo-te uma páscoa feliz.
Bjs.